quinta-feira, 10 de abril de 2014

x3

Os últimos dias que passei não chegavam nem perto de como eu havia planejado. Talvez eu devesse simplesmente viver, em vez de imaginar como tudo deveria ser. Eu não sei. O caso é que essa minha forma despretensiosa de lidar com os imprevistos, deixou tudo muito mais interessante, e vivo. Tudo estava infinitamente melhor, e o que eu mais queria é que durasse para sempre, realmente.
O sol tinha voltado a brilhar na minha vida, e agora eu não precisava mais ter medo de dormir e ter pesadelos. Ele estava do meu lado.
No fundo, se você parar para pensar sobre a continuidade da vida e das pessoas, você vai perceber que não existe um destino intermediando por nós. Somos só nós por nós mesmos. São as nossas escolhas que moldam o nosso futuro, e são os caminhos que nós escolhemos que irão dizer aonde nós chegaremos. Mais do que isso: é o que nós estamos dispostos a investir para chegarmos a algum lugar. Que os dias sejam livres para serem vividos de forma inesperada. Que a vida nos surpreenda com pessoas diferentes e especiais. Que as noites não sejam apenas de sono e sonhos vazios, que se possa encontrar amigos, pessoas dispostas a fazer algo simples mas que será inesquecível..
Que possamos sorrir sem ser julgados, que possamos escrever e descrever tudo o que sentimos, e que o mundo dos ouça gritar o que se passa por dentro sem nos julgar loucos ou insanos! 
Que o amor prevaleça entre nós, que você não se apaixone por mim, pois não seria tão fácil assim pra mim!
Que a vida continue nesse ritmo, e que você me surpreenda!

Nenhum comentário:

Postar um comentário