terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Silêncio

Hoje eu quero ficar quietinha. 
Sei lá, me deixa aqui no quarto, na minha casa, no meu mundo, no meu interminável fim de segunda-feira.
Não me pergunte se aconteceu algo, se eu gostaria de sair ou se já terminei de ver aquele filme que ficou pela metade ontem. Eu sei, parece estranho. E é.
Ninguém entende, mas não é porque quero ficar em silêncio que eu esteja chatiada com algo ou alguém. Acontece que o silêncio é a minha música nos dias chatos e entediantes.
É um tempo precioso que uso para organizar o que a rotina e as tristezas desorganizam dentro de mim.
Eu tenho meu tempo, meus costumes, minhas maniias. Gosto de acordar devagar e pensar nas possibilidades do dia ainda na cama, por isso demoro para levantar. Na verdade eu sempre me atraso. Gosto de ficar em silêncio sem motivos explicáveis, preciso me livrar dos excessos que acumulo durante o dia.
Gosto de ficar sozinha e conversar comigo como se fosse a coisa mais normal do mundo kkk a Dani quase se acostumou com isso já!
Quando alguém me pergunta, o que eu faria se tivesse somente mais uma semana de vida, eu respondo, sem hesitar e sem dúvidas: ficaria muito bêbada kkk Não sei, mas, para mim, sorrir se tornaria fácil, abraçar alguém e falar o que penso sairia com mais facilidade, olhar para pessoa que gosto e falar tudo que sinto. Dizer eu amo você sempre é verdadeiro quando estou bêbada kkk
Eu gosto dos meus copos, dos meus livros, da minha bagunça.. gosto de lembranças, recordações, costumo anotar datas e nomes e sempre que posso guardo pedaços de coisas que vão me fazer lembrar de momentos que devem ser inesquecíveis. Eu gosto da minha cama que ainda faz barulho do ranger da madeira enquanto me mexo, amo a minha a Meg, mas que no momento está tao longe de mim :/ … é tudo tão meu.
Às vezes acho que eu gosto da solidão e do silêncio mais do que deveria. E aí me bate aquele medo gigantesco de nunca mais conseguir dividir esses meus momentos de silêncio com mais ninguém. Pois, esse momento é tão meu, mas tão meu, que dividir ele com alguém me assusta…
Ficar em silêncio não é somente se calar. Ficar em silêncio é ficar sozinho ouvindo uma música, é abrir a janela com intuito de ouvir os carros passarem, os pássaros cantarem.. ficar olhando para o ceu!
 O silêncio é sempre uma conversa com a nossa parte mais madura.
Mesmo ouvindo que sou estranha, eu gosto dos meus momentos de boas, das minhas manias de solidão e da alegria que sinto quando tenho alguns minutos de paz durante o dia. Espero que um dia alguém também goste, e fique ao meu lado para somar em toda essa loucura que é minha vida. Eu queria muito que fosse Você, o escolhido para dividir todos os meus segredos, para o resto da vida ♡

Nenhum comentário:

Postar um comentário