terça-feira, 7 de março de 2017

Reencontro ou Despedida?

Descendo a rua, os faróis do meu carro fazem o teu tênis refletir. Coração acelera. Eu fecho os olhos e respiro fundo. Você entra. Oi - recebo silêncio. Conversa vai, conversa vem..
Conta uma coisa, confessa outras, joga fora algumas palavras. Sorrisos, palavras, sorrisos.
Eu não sei explicar, talvez as lágrimas que eu falei que queriam sair, estão aliviando a confusão que está na minha cabeça.
Teu amor é diferente. O eu te amo algumas vezes pareceu automático.
Eu tentei ouvir, prestar atenção, eu quis olhar no teu olho e ao mesmo tempo senti medo. Eu olhava e não parecia o meu alguém, parecia um alguém apenas.
Diferente, muito diferente.
Alguns abraços, beijos na mão, até mesmo segurar a mão, doeu :x
Várias vezes eu olhei pra lua e segurei as lágrimas, eu mudei de assunto, eu falei coisas engraçadas. Não era pra ter assunto, era pra quebrar o gelo e não desabar e acabar falando tudo o que tenho no peito.
Talvez você esteja certo em dizer que tenho coragem apenas para o blog. Mas aqui não dói, aqui ele não responde, aqui ninguem vê, apenas eu alívio o sufoco do coração.
Teu cabelo, teu rosto, teu jeito de falar, tua voz :x estranho Mas, até o teu jeito de me abraçar.. tudo parece diferente, nada é igual. Eu não senti o conforto do amor sabe, eu me senti uma estranha com um estranho.
Acho que na verdade, quando pedi pra falar "amor", quando eu ouvi, doeu. Doeu pra Caralho, tanto que quase chorei de verdade.
Sai de casa com uma imensa vontade de te beijar e teve uma hora em que pensei que não ia me segurar. Quando você encostou na minha boca pela primeira vez, me veio lembranças ruins.
Cara, eu amo você. Como disse isso olhando pra ti mais uma vez. Mas de verdade mesmo, eu não quero me machucar eu não quero perder o tudo de novo.
Eu queria poder te dizer, vem aqui em casa, conversa com a minha mãe, faz ela gostar de você, faz com que tudo volte a ser como antes. Vamos viver uma vida de velhos kkk vamos mofar em casa, vamos crescer, vamos namorar, vamos ser NÓS outra vez. Vem me fazer feliz, vem ser meu. Só meu!
Mas eu não sei se meu coração vai acreditar em você de novo, se você não vai mentir, se você não vai dar um like na mais gostosa, se você não vai me trocar em um show, se eu não vou ser o inferno da tua vida, se você não vai me bater, se você vai aguentar viver em uma casa comigo de novo, se você tem os mesmos planos que eu, se o teu amor agora realmente vai suportar as brigas, os ciúmes, as barreiras sabe :/
Eu quero alguém que venha pra ficar, nem que eu tenha que começar do zero. Quero um amor que vai se tornar meu marido, meu amor pra sempre. Não quero mais perder meu tempo com alguém que não pensa no futuro. Quero ter uma família antes de perder a minha. Não quero sentir a solidão.
Eu tenho medo Cara, medo de acreditar em você, e acabar na fossa de novo. Medo de você não ser o melhor pra mim. Medo de você me usar, me humilhar, como você ja fez. Medo de pegar meu celular e você se revoltar com isso. Medo de você me esconder as coisas, medo de não poder me explicar, me defender e logo receber um caminhão de culpa.
Sei que estou escrevendo demais, mas queria que você pensasse um pouco no que você realmente sente e no que você quer.
Eu já te falei que estou aqui e sempre vou estar, mas queria que talvez minha família não se metesse nisso de novo. Mas sei que minha mãe só quer me proteger, e que ela está certa em querer alguém bom pra mim. Não que você não seja, mas se eu tivesse ouvido ela da última vez, nada disso teria acontecido.
Eu amo você, vou repetir isso mais uma vez. Mas isso não vai depender de mim dessa vez. Eu não vou ser louca de novo e gritar para os quatro cantos que te amo e quero você. Dessa vez eu vou ficar na minha, e vou chorar como Agora, vou sentir saudades, tem cebola em mim e eu to querendo deixar na mão até amanhã, pra ficar pensando em ti :/
Cara, eu não sei o que concluir com isso tudo, mas se você realmente me Ama, se você realmente quer tudo o que diz querer. Tenta meu, vai lá e tenta. Eu não vou te abandonar, não vou te julgar e nunca vou te erguer uma mão pra machucar. Eu quero alguém pra mim, só pra mim, e se esse alguém for você, do jeito que eu conheci a 1 ano atrás.
Eu vou ser a pessoa mais feliz desse mundo ♡

Nenhum comentário:

Postar um comentário