segunda-feira, 15 de abril de 2013

Meu.


É mais que amor. É a liberdade de andar de meia e pijama pela casa e saber que você não vai sair pela porta procurando alguém mais bonita. É saber que posso ficar doente, chata e insuportável como sempre fico, e você vai ficar aqui ao meu lado, mesmo que para aguentar minhas patadas e minhas crises. É saber que você não precisa nem nunca precisou de nenhuma declaração para me amar. Então, não é amor. Não é eu-amo-você. É só você. Qualquer coisa. Não amor. Não só amor.
É simplesmente mais que amor. Muito mais.
Brigar pode ter virado rotina, mas dentro de mim, bem no fundo acredito na felicidade.
Na nossa casa, nos nossos filhos, em cada sorriso que você vai fazer nascer em mim. Te amar não é mais um obrigação e nem precisa mais ser escondido. Eu te Amo e te quero sempre comigo.
Meu fedido mais chato do mundo. Minha Vida, Meu amor, Meu Alan ♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário