quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Noite;

Eu não sei explicar, mas ver certas coisas me doem não sei onde, nem porque e, muito menos o que.
É estranho mas machuca, me sufoca de um jeito como se tivesse sendo engolida, talvez seja algo fora do comum, que ninguém saberia me explicar e até me zombariam.
Talvez eu deva ficar aqui deitada, escondida do mundo até tudo se ajeitar aqui dentro do meu coração!

Nenhum comentário:

Postar um comentário